Vinhas de Luz

Vinhas de Luz

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

"CHICO XAVIER E ALLAN KARDEC SÃO A MESMA PESSOA? COMER CARNE PREJUDICA A EVOLUÇÃO?


“MICROCEFALIA E ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL NA GESTAÇÃO”

Todos os estudiosos da doutrina espírita tem conhecimento, através de inúmeras obras psicografadas, da existência do “Ministério da Reencarnação” nas colônias espirituais ligadas à esfera terrestre. Equipes especializadas no retorno ao mundo físico estudam, intensamente, e trabalham, procurando propiciar a situação mais adequada às necessidades evolutivas dos irmãos que necessitam voltar ao planeta.
Ao contrário do que se pensa, não são os mentores espirituais que determinam os defeitos físicos ou anomalias congênitas de um feto. NÃO É CORRETO Imaginar que  Seres de Luz, Amor e Sabedoria, determinem: “você vai renascer com microcefalia”, mas observam que a lei Universal de Causa e Efeito é inexorável.   O “modus vivendi” do Espírito, os traumas que sofreu ou fatos vivenciados no passado geraram campos de força, circuitos vibratórios, no seu corpo espiritual e esses sim  que determinam, agora,  campos modeladores nas matrizes perispirituais.
Os mentores especializados, profundos conhecedores da dinâmica das energias, sabem ser inexorável  a consequência e podem informar ao Espírito ou mesmo aos seus seres amados, da anomalia orgânica  que surgirá no seu novo  corpo físico, seja por via congênita ou genética. Um Espírito que renasce com microcefalia, está ainda com dolorosas marcas no seu corpo astral que necessitam ser drenadas, expiadas para um corpo físico, visando a sua cura. Há também, raras situações, de Espíritos superiores que se ofereceram para renascer assim, com objetivos de auxiliarem os envolvidos e também adquirirem uma grande experiência  nesta área. São exceções, mas existem.
As obras psicografadas por Francisco Cândido Xavier (Chico) descrevem com detalhes essa assistência. Entre outras obras, citaríamos o livro “Missionários da Luz”, obra que detalha a reencarnação do Espírito de Segismundo, mostrando a participação dos dois planos no processo.
Uma vez tendo sido escolhidos os pais, pelo critério considerado mais adequado à situação evolutiva do espírito, e o merecimento dos genitores, inicia-se uma laboriosa assistência espiritual às pessoas mais envolvidas na reencarnação. Habitualmente: pai, mãe e filho. Ninguém tem um filho microcéfalo por mera casualidade, por azar do destino. São histórias seculares ou até milenares que unem os envolvidos em reencontros construtivos e necessários para o desenvolvimento espiritual e superação de  antigas dificuldades.
O trabalho de assistência espiritual, por vezes, necessita estender-se a outros membros da família, cuja interferência na gestação se fazia de forma negativa como, por exemplo, mecanismo de pressão induzindo ao aborto, ou outras formas de interferência que prejudicariam a planificação superior. Através da sensibilidade espiritual das criaturas, como sensibilidade paranormal ou mediúnica, os mentores espirituais procurarão constantemente intuir para que sejam tomadas as decisões mais equilibradas e saudáveis, as quais refletirão no ser que se prepara para voltar ao convívio dos encarnados. No caso do microcéfalo, um ser que necessita muito de carinho e amparo em todos os níveis.
Quando a resistência dos assistidos (pai e mãe principalmente) é muito forte, no sentido de acatar as ideias que lhe são sugeridas, a espiritualidade passa a buscar formas indiretas para veicular a mensagem harmonizadora. São  enviadas   sugestões   mentais   a   parentes, vizinhos  ou profissionais, que poderão influir construtivamente no processo da aceitação do filho microcéfalo ou amparo com relação a  esta entidade reencarnante.
Durante o sono, habitualmente, sucede o desdobramento ou projeção astral dos encarnados. Nesta oportunidade, são fornecidos esclarecimentos ou informações preciosas aos pais.
Comumente, é feita a apresentação do espírito reencarnante aos futuros pais e se existir um desafeto importante por parte de algum deles, com relação ao futuro filho, passa a ser executado um intenso trabalho de doutrinação visando amenizar as dificuldades mútuas. A projeção astral consciente e inconsciente dos pais, tem um papel de relevo neste trabalho de amparo amoroso dos mentores espirituais.
A assistência recebida pela constelação familiar ocorre antes mesmo da fecundação, já nas fases de aproximação da entidade.  Nos lares onde reina o equilíbrio psíquico, no amparo dos Espíritos Superiores, é possível se preservar a intimidade do casal no momento íntimo que determinará e fecundação.
As vibrações de amor que envolve os cônjuges criam uma aura energética de alta frequência, estabelecendo um campo de sintonia com os mentores espirituais, propiciam o isolamento no recesso do lar e evitam a aproximação de entidades espirituais não participantes do processo reencarnatório.
Lembra-nos o autor espiritual, André Luiz, que a privacidade do casal é respeitada pelos mentores espirituais, e que o momento da fecundação ocorre algumas horas após o ato sexual, quando o espermatozoide alcança o óvulo em sua longa caminhada pelo interior dos ductos femininos.
Quando as encarnações se processam nos locais onde a gravidez é considerada como um acidente inconveniente, e o amor sexual deixou de ser uma expressão nobre entre duas criaturas para descer às profundezas de um triste comércio, há maiores dificuldades na recepção da assistência espiritual.
Embora os mentores espirituais estejam atuando sobre os envolvidos, nos casais desequilibrados, estabelece-se uma verdadeira capa energética impermeável ao auxílio mais efetivo. As vibrações mentais dos ambientes, às vezes sórdidos, constituem uma aura de baixa frequência, que não sintonizam com as vibrações mais sutis no plano espiritual mais elevado. Nesta situação,  torna-se difícil a proteção ao casal, que fica à mercê das entidades que convivem nestes locais.
No entanto, nas situações mais dolorosas e complexas, acaba reencarnando, por afinidade vibratória, aquele que necessita do meio em questão para o ressarcimento cármico correspondente.
Fonte: Medicina e Espiritualidade

Dr. Ricardo di Bernardi

"NO MOTEL EXISTE PROTEÇÃO CONTRA ESPÍRITOS ZOMBETEIROS?"


"PODEMOS INTERFERIR UNS NOS DESTINOS DOS OUTROS?"