Seguidores

sábado, 18 de setembro de 2010

"O UMBRAL"

O umbral é um nome muito usado a partir de André Luiz e seu primeiro livro “O Nosso Lar”. É uma zona citada como de sofrimentos e de dor. Heigorina Cunha no livro Cidade no Além, livro este que ela escreveu, relembrando suas visitas em desdobramentos à colônia Nosso Lar, explica com detalhes várias passagens e até as estruturas da referida cidade, mas na verdade quando ela procura localizar esta colônia que está digamos, acima da cidade do Rio de Janeiro e na oitava esfera, que ainda é propriamente o Umbral, disse que existem 12 no total, sendo que a primeira seria o núcleo interno do planeta Terra, a segunda o núcleo externo, a terceira seria a crosta em si, a quarta, o manto, a quinta a crosta terrestre, a sexta seria então o Umbral grosso, a sétima o Umbral médio, a oitava o Umbral (onde está localizada a cidade Nosso Lar), a nona seria uma zona onde predomina a Arte em geral ou Cultura e Ciência, a décima o Amor Fraterno Universal, a onze é as diretrizes do planeta e a última, a Abóbada Estelar.
Bom, este livro é de Heigorina Cunha, Chico Xavier e ditado pelos espíritos André Luiz e Lucius. Mas o que seria o Umbral? Esta é uma zona que envolve propriamente o nosso planeta Terra e é de sofrimentos e de dor porque pela proximidade, recebe toda a energia negativa que envolve a Terra e seus habitantes, por isto é uma zona pesada, densa e muito negativa. É a zona de espíritos que no mundo, não quiseram cumprir seus deveres e ficaram imersos na negatividade e nos erros.
Recordo-me algumas coisas já ditas sobre o Umbral. Sua natureza é de pântanos, caminhos escuros, enfim sua natureza espiritual seria densa, enfumaçada, cheia de labirintos, estradas perigosas e cheia de almas em dores e sofrimento. Neste local, há cidades espirituais onde se agrupam espíritos que se afinam ou seja, existem grupamentos diversos de acordo com a natureza desses espíritos. Dependendo do desejo e da faixa vibratória do espírito, ele vai para um setor e assim por diante.
E é no Umbral que diariamente trabalham os mensageiros que são equipes oriundas de cidades de um plano superior e de um caráter mais elevado. Eles vão em busca de almas dispostas a seguirem o seu destino e serem amparadas. O espírito fica no Umbral, o tempo necessário ou até que ele realmente desperte para as verdades eternas, peça com fé. A partir daí ele será recolhido e amparado pelos irmãos que trabalham incessantemente neste local.
Claro que no Umbral, também existe chefes de grupos, espíritos que se sobressaem devido sua inteligência e que comandam cidades e zonas vibratórias. No Umbral, os espíritos até podem se esconder dos mais inferiores, mas jamais dos mensageiros ou trabalhadores que ali estão para o bem. Uma coisa porém eles não podem evitar, ou seja, ouvir sempre os conselhos dos bons espíritos.
Os habitantes do Umbral estão interagindo com os encarnados, não só interferem com suas energias negativas bem como absorvem também a mesma energia negativa que vem da Terra.
Mas é preciso entender que apesar de todo o mal, não há nenhum espírito que não seja um dia amparado, porque a justiça de Deus é baseada no perdão e no amor. Mas no Umbral, temos verdadeiros espíritos de alta capacidade e inteligência, só que voltado para o mal. Na verdade, eles, estes que se destacam e comandam cidades do Umbral, ou são chefes de grupos, são almas que tem o conhecimento da verdade, sabem o que existe acima deles etc...mas escondem dos seus subordinados e não tem interesse devido ao poder, orgulho, e sentimentos que ainda são grandes em sua alma.
No Umbral também está localizado para atendimento emergencial, postos de socorros que são amplamente fechados e protegidos das falanges de almas negativas que sempre insistem em atacar estes postos. Interessante é notar que as vezes é necessário repelir estes ataques usando choques, e coisas que a principio iria impressionar porque partiria de espíritos já adiantados mas é um mal necessário porque só desta maneira os rebeldes entendem e tem medos.
De uma forma que desconheço, diariamente é feito incursões pelos espíritos do bem nestas zonas e dali são arrebanhados muitos que despertam de coração um pedido de socorro. E são retirados e encaminhados para os postos de socorro e depois levados para zona mais evoluída para atendimento.
Quem já leu Os Mensageiros, sabe bem do que estou falando. Dizem que encarnados visitam sempre estes lugares. Isto porque quando sonhamos e nosso corpo carnal está em repouso, nosso espírito tem a liberdade e muitos vão a estes locais de acordo com suas necessidades e vibração.
Dizem que existe o Vale dos Suicidas e deve ter mesmo porque ali se reuniria espíritos que tem o mesmo problema e vibrações similares. Deve ser uma das regiões do Umbral.
Pelo muito que nos foi passado, sabemos que a Terra seria um xeróx mal feito do plano espiritual, então tudo o que temos aqui temos lá.....num outro sentido, não material, temos tudo, o ar, montanhas, vales, estradas, cidades enfim, tudo. Passando esta zona densa onde o sol praticamente não brilha, teríamos a abertura para locais onde o sol, a estrela, a lua, brilharia e tudo seria mais leve, mais bonito, apesar de ainda local de recuperação.
André Luiz conta uma entre várias viagens que ele e mentores fizeram ao Umbral. Recordo-me que a fizeram de uma forma natural, sem a pressa que poderia fazer o espírito mais evoluído pensar e se locomover rápido e então, esta viagem demorou muitas horas e que para chegar ao destino, eles até pernoitaram em posto de socorro....é muito interessante ler a forma como essas viagens acontecem.
Outro fato interessante é que muitos de nós, com certeza passaremos um estágio no Umbral. Triste isso mas dependerá muito de nossa conduta enquanto encarnado. Se você se desviar muito, com certeza está cada vez mais afinado com as zonas de baixa vibração e menos com o amor de Deus.

Estudo de hoje: fontes: Espiritismo e Ciência,

O Livro dos Espíritos e obras de André Luiz.

Pedro Ozório – Casa Branca – abril de 2003





















--------------------------------------------------------------------------------

"O UMBRAL"

O umbral é um nome muito usado a partir de André Luiz e seu primeiro livro “O Nosso Lar”. É uma zona citada como de sofrimentos e de dor. Heigorina Cunha no livro Cidade no Além, livro este que ela escreveu, relembrando suas visitas em desdobramentos à colônia Nosso Lar, explica com detalhes várias passagens e até as estruturas da referida cidade, mas na verdade quando ela procura localizar esta colônia que está digamos, acima da cidade do Rio de Janeiro e na oitava esfera, que ainda é propriamente o Umbral, disse que existem 12 no total, sendo que a primeira seria o núcleo interno do planeta Terra, a segunda o núcleo externo, a terceira seria a crosta em si, a quarta, o manto, a quinta a crosta terrestre, a sexta seria então o Umbral grosso, a sétima o Umbral médio, a oitava o Umbral (onde está localizada a cidade Nosso Lar), a nona seria uma zona onde predomina a Arte em geral ou Cultura e Ciência, a décima o Amor Fraterno Universal, a onze é as diretrizes do planeta e a última, a Abóbada Estelar.
Bom, este livro é de Heigorina Cunha, Chico Xavier e ditado pelos espíritos André Luiz e Lucius. Mas o que seria o Umbral? Esta é uma zona que envolve propriamente o nosso planeta Terra e é de sofrimentos e de dor porque pela proximidade, recebe toda a energia negativa que envolve a Terra e seus habitantes, por isto é uma zona pesada, densa e muito negativa. É a zona de espíritos que no mundo, não quiseram cumprir seus deveres e ficaram imersos na negatividade e nos erros.
Recordo-me algumas coisas já ditas sobre o Umbral. Sua natureza é de pântanos, caminhos escuros, enfim sua natureza espiritual seria densa, enfumaçada, cheia de labirintos, estradas perigosas e cheia de almas em dores e sofrimento. Neste local, há cidades espirituais onde se agrupam espíritos que se afinam ou seja, existem grupamentos diversos de acordo com a natureza desses espíritos. Dependendo do desejo e da faixa vibratória do espírito, ele vai para um setor e assim por diante.
E é no Umbral que diariamente trabalham os mensageiros que são equipes oriundas de cidades de um plano superior e de um caráter mais elevado. Eles vão em busca de almas dispostas a seguirem o seu destino e serem amparadas. O espírito fica no Umbral, o tempo necessário ou até que ele realmente desperte para as verdades eternas, peça com fé. A partir daí ele será recolhido e amparado pelos irmãos que trabalham incessantemente neste local.
Claro que no Umbral, também existe chefes de grupos, espíritos que se sobressaem devido sua inteligência e que comandam cidades e zonas vibratórias. No Umbral, os espíritos até podem se esconder dos mais inferiores, mas jamais dos mensageiros ou trabalhadores que ali estão para o bem. Uma coisa porém eles não podem evitar, ou seja, ouvir sempre os conselhos dos bons espíritos.
Os habitantes do Umbral estão interagindo com os encarnados, não só interferem com suas energias negativas bem como absorvem também a mesma energia negativa que vem da Terra.
Mas é preciso entender que apesar de todo o mal, não há nenhum espírito que não seja um dia amparado, porque a justiça de Deus é baseada no perdão e no amor. Mas no Umbral, temos verdadeiros espíritos de alta capacidade e inteligência, só que voltado para o mal. Na verdade, eles, estes que se destacam e comandam cidades do Umbral, ou são chefes de grupos, são almas que tem o conhecimento da verdade, sabem o que existe acima deles etc...mas escondem dos seus subordinados e não tem interesse devido ao poder, orgulho, e sentimentos que ainda são grandes em sua alma.
No Umbral também está localizado para atendimento emergencial, postos de socorros que são amplamente fechados e protegidos das falanges de almas negativas que sempre insistem em atacar estes postos. Interessante é notar que as vezes é necessário repelir estes ataques usando choques, e coisas que a principio iria impressionar porque partiria de espíritos já adiantados mas é um mal necessário porque só desta maneira os rebeldes entendem e tem medos.
De uma forma que desconheço, diariamente é feito incursões pelos espíritos do bem nestas zonas e dali são arrebanhados muitos que despertam de coração um pedido de socorro. E são retirados e encaminhados para os postos de socorro e depois levados para zona mais evoluída para atendimento.
Quem já leu Os Mensageiros, sabe bem do que estou falando. Dizem que encarnados visitam sempre estes lugares. Isto porque quando sonhamos e nosso corpo carnal está em repouso, nosso espírito tem a liberdade e muitos vão a estes locais de acordo com suas necessidades e vibração.
Dizem que existe o Vale dos Suicidas e deve ter mesmo porque ali se reuniria espíritos que tem o mesmo problema e vibrações similares. Deve ser uma das regiões do Umbral.
Pelo muito que nos foi passado, sabemos que a Terra seria um xeróx mal feito do plano espiritual, então tudo o que temos aqui temos lá.....num outro sentido, não material, temos tudo, o ar, montanhas, vales, estradas, cidades enfim, tudo. Passando esta zona densa onde o sol praticamente não brilha, teríamos a abertura para locais onde o sol, a estrela, a lua, brilharia e tudo seria mais leve, mais bonito, apesar de ainda local de recuperação.
André Luiz conta uma entre várias viagens que ele e mentores fizeram ao Umbral. Recordo-me que a fizeram de uma forma natural, sem a pressa que poderia fazer o espírito mais evoluído pensar e se locomover rápido e então, esta viagem demorou muitas horas e que para chegar ao destino, eles até pernoitaram em posto de socorro....é muito interessante ler a forma como essas viagens acontecem.
Outro fato interessante é que muitos de nós, com certeza passaremos um estágio no Umbral. Triste isso mas dependerá muito de nossa conduta enquanto encarnado. Se você se desviar muito, com certeza está cada vez mais afinado com as zonas de baixa vibração e menos com o amor de Deus.

Estudo de hoje: fontes: Espiritismo e Ciência,

O Livro dos Espíritos e obras de André Luiz.

Pedro Ozório – Casa Branca – abril de 2003





















--------------------------------------------------------------------------------