Seguidores

terça-feira, 5 de junho de 2012

"PROCESSO EVOLUTIVO"

Muitas  tragédias tem acontecidos nos últimos anos no Planeta Terra.
Enchentes, terremotos, tsunamis e tantas outras catástrofes, ceifando centenas de vidas, e parece que as autoridades, aqueles  que detém o poder e poderiam fazer alguma coisa para evitar estas tragédias, pouco se importam com tudo isso.
O Planeta está passando por uma grande transformação. Nosso mundo está deixando de ser um mundo de expiação e de provas para ser um mundo de regeneração. Um mundo muito melhor que este no qual vivemos hoje.
Estamos sendo despertados pela Divindade Maior para que cada ser humano tenha consciência e seja responsável pelos seus atos.
Quando cada cada um de nós entendermos  que para mudar o mundo é necessário mudar o nosso mundinho particular; “ nossos hábitos, nossos conceitos, nossas ideologias” etc com certeza estaremos contribuindo para melhoria de todo o Planeta. Algo só é bom se for bom para toda a humanidade. Aquilo que é bom só para mim, não faz sentido, tem que deixar de existir.
Mas porque tantas tragédias? Tantas vidas inocentes sendo ceifadas sem ao menos ter tempo ou condições de se defenderem? Se estas tragédias é para mudar a humanidade, porque não acontecem nos grandes núcleos do poder, onde a ganância reina em absoluto gerenciada por aqueles que legislam em causa própria; os ladrões de colarinho branco. Se assim fosse estaria prestando um grande serviço a humanidade e ao nosso planeta.
Mas, quem somos nós para entender os desígnios de Deus?
Quem somos nós para julgar os atos da Espiritualidade Maior?
Por acaso conhecemos o passado destes nossos irmãos mortos nestas tragédias os quais julgamos inocentes? Conhecemos seus débitos de outras existências?
Digamos que eles estejam saldando débitos de vidas passadas, corrigindo erros milenares para que um dia possam voltar a se reencarnar aqui neste mesmo planeta em condições bem diferentes. Como espíritos edificados poderão terminar aqui o seus processos evolutivos e contribuir para a evolução do planeta.
Quantos aos que legislam em causa própria, aqueles que roubam dos  inocentes, que só pensam em levar vantagem em tudo; estes também terão que prestar contas ao Criador. Quanto mais lhes será dado...mas lhes será exigido.
Com certeza não voltarão a se reencarnar por aqui. E a lenda do Paraíso perdido se repete.  É a raça adâmica mais uma vez sendo expulsa do Paraíso.
Serão expulsos deste planeta, levados para mundos bem inferiores, terão
que ganhar o pão com suor do rosto, sentirão saudades dos privilégios de outrora.
Em sonhos reviverão os dias de glória no Planeta Azul, e quando despertarem, de nada se lembrarão; a não ser uma angústia sem motivo, uma saudade sem razão.
É o processo evolutivo.
Todos temos que evoluir.
Quem não melhorar por amor...melhorará pela dor!   
Sebastiao Sabino


"PROCESSO EVOLUTIVO"

Muitas  tragédias tem acontecidos nos últimos anos no Planeta Terra.
Enchentes, terremotos, tsunamis e tantas outras catástrofes, ceifando centenas de vidas, e parece que as autoridades, aqueles  que detém o poder e poderiam fazer alguma coisa para evitar estas tragédias, pouco se importam com tudo isso.
O Planeta está passando por uma grande transformação. Nosso mundo está deixando de ser um mundo de expiação e de provas para ser um mundo de regeneração. Um mundo muito melhor que este no qual vivemos hoje.
Estamos sendo despertados pela Divindade Maior para que cada ser humano tenha consciência e seja responsável pelos seus atos.
Quando cada cada um de nós entendermos  que para mudar o mundo é necessário mudar o nosso mundinho particular; “ nossos hábitos, nossos conceitos, nossas ideologias” etc com certeza estaremos contribuindo para melhoria de todo o Planeta. Algo só é bom se for bom para toda a humanidade. Aquilo que é bom só para mim, não faz sentido, tem que deixar de existir.
Mas porque tantas tragédias? Tantas vidas inocentes sendo ceifadas sem ao menos ter tempo ou condições de se defenderem? Se estas tragédias é para mudar a humanidade, porque não acontecem nos grandes núcleos do poder, onde a ganância reina em absoluto gerenciada por aqueles que legislam em causa própria; os ladrões de colarinho branco. Se assim fosse estaria prestando um grande serviço a humanidade e ao nosso planeta.
Mas, quem somos nós para entender os desígnios de Deus?
Quem somos nós para julgar os atos da Espiritualidade Maior?
Por acaso conhecemos o passado destes nossos irmãos mortos nestas tragédias os quais julgamos inocentes? Conhecemos seus débitos de outras existências?
Digamos que eles estejam saldando débitos de vidas passadas, corrigindo erros milenares para que um dia possam voltar a se reencarnar aqui neste mesmo planeta em condições bem diferentes. Como espíritos edificados poderão terminar aqui o seus processos evolutivos e contribuir para a evolução do planeta.
Quantos aos que legislam em causa própria, aqueles que roubam dos  inocentes, que só pensam em levar vantagem em tudo; estes também terão que prestar contas ao Criador. Quanto mais lhes será dado...mas lhes será exigido.
Com certeza não voltarão a se reencarnar por aqui. E a lenda do Paraíso perdido se repete.  É a raça adâmica mais uma vez sendo expulsa do Paraíso.
Serão expulsos deste planeta, levados para mundos bem inferiores, terão
que ganhar o pão com suor do rosto, sentirão saudades dos privilégios de outrora.
Em sonhos reviverão os dias de glória no Planeta Azul, e quando despertarem, de nada se lembrarão; a não ser uma angústia sem motivo, uma saudade sem razão.
É o processo evolutivo.
Todos temos que evoluir.
Quem não melhorar por amor...melhorará pela dor!   
Sebastiao Sabino