Seguidores

sábado, 3 de junho de 2017

“OS CEMITÉRIOS SÃO LUGARES ENERGETICAMENTE PERIGOSOS? ”

Os cemitérios são, nada mais/nada menos que o lugar onde se guardam as vestimentas carnais, porém isso não quer dizer que não devemos ter o devido respeito pelo o lugar e pelos túmulos que foram, ao longo do tempo, preenchendo o local.
Somos aconselhados a não frequentar e evitarmos a entrada no local. Foi-nos ensinado que lá, além dos restos mortais, obviamente estão os espíritos dos nossos irmãos desencarnados ainda em estado de perturbação (pois alguns deles sentem a ligação ainda muito forte pelos trajes carnais), revolta (pois alguns não aceitam o fato do desencarne) e ainda por cima teriam os zombeteiros. Portanto, os cemitérios seriam lugares muito movimentados no plano astral.
Mas daí eu mesmo me pergunto:
– Mas qualquer lugar é passível de ser um local agitado no plano astral, pois estas mesmas classes de espíritos estariam por toda parte, ou estou errado?
Está certíssimo! Porém os cemitérios detém aquela atmosfera mais densa, que junta tristeza, melancolia e outros sentimentos deletérios que prefiro nem citar.
De fato, onde eu quero chegar é…
Existem aquelas pessoas que entram e saem dos cemitérios sem sentir nada. Outros, sentem um desconforto considerável. Tal desconforto pode estar relacionado com a mediunidade ainda em desenvolvimento, que por sua vez torna uma pessoa desse tipo um alvo fácil de vampirizar. É justamente por isso, que no estudo lá no centro onde eu frequento somos aconselhados a evitar passear por estes locais. Até porque ainda falta-nos um controle mais apurado das vibrações.
– Imagine um médium em desenvolvimento adentrando nesse lugar e, ainda por cima, invigilante com sua vibração. É tenso!
Para outras pessoas (que não são médiuns ostensivas em desenvolvimento), o que acaba pesando mesmo é o fator psicológico/sentimental. Sendo o cemitério, na cultura mundial, considerado um lugar de dor e sofrimento, as pessoas desse tipo acabam sofrendo um bocado ao adentrarem.
Por fim, respondendo a pergunta no geral: “cemitérios são lugares energeticamente perigosos?”. A minha conclusão é: “Em certos casos, sim. Em outros nem tanto.”

Fonte: http://estudantespirita.com.br/-Autor: Estudante Espírita

“NÓS JÁ FOMOS PEDRA? EVOLUÇÃO NOS TRÊS REINOS. ”DO ÁTOMO AO ARCANJO"

(...) Nosso ponto de partida, será o livro "A Gênese", de Allan Kardec, que faz uma divisão bastante significativa. No capítulo X, nos fala sobre a "Gênese Orgânica". E no capítulo XI, nos fala sobre a "Gênese Espiritual." Na Gênese Orgânica, teríamos a evolução, se assim pudermos dizer, da matéria. Consideremos então, tão somente a matéria, nesta primeira análise. Temos o reino mineral, o reino vegetal, o reino animal, e o reino hominal. No reino mineral, apenas a matéria inerte, nos demais reinos, compostos desta matéria inerte, somada a vitalidade. Na Gênese Espiritual, teríamos a "Mônada Espiritual", o "Princípio Espiritual", "o Princípio Inteligente" e o "Espírito". No Livro "A evolução do princípio inteligente", de Durval Ciamponi, encontramos o seguinte, no capítulo III, "No protoplasma e no Reino Mineral": "Estudiosos há que, interpretando Kardec, Leon Denis, André Luiz e outras fontes, principalmente de origem orientalista, afirmam que o começo da evolução está no reino mineral (inorgânico ). Baseiam-se na questão do LE, 540, onde se afirma que o "arcanjo começou pelo átomo" ou nas palavras ditas de Léon Denis, segundo o qual a "alma dorme na pedra". O autor não concorda com estes estudiosos, onde mais adiante diz: "Nós particularmente, baseados nos autores citados e na Codificação Espírita, admitimos que o início da evolução da alma, na Terra, se deu no protoplasma primitivo (matéria orgânica que continha fluido vital) . Conforme dissemos no início, não temos conhecimento para "fechar a questão", embora neste momento eu compreenda o início da evolução do "princípio espiritual" a que chamamos "Mônada Espiritual" no reino mineral. Confuso ? Vamos tentar desembaralhar. As nomenclaturas "Mônada Espiritual", "Princípio Espiritual", "Princípio Inteligente" e "Espírito", apenas designam fases diferentes da evolução do Espírito. Poderíamos assumir somente o nome "Princípio Espiritual" que se torna em algum momento um "Espírito". A divisão é apenas didática. Se confundir, o amigo(a) pode optar por somente "Princípio Espiritual". Temos então informação suficiente para fazer uma associação, entre a "Gênese Orgânica" e a "Gênese Espiritual". De forma bastante simplista, podemos dizer assim: a Mônada Espiritual sairia das "mãos de Deus", fazendo um estágio no reino mineral. Evoluindo, passaria a "Princípio Espiritual", onde faz um estágio no reino vegetal. Evolui e se torna princípio inteligente, fazendo um estágio no reino animal. O princípio espiritual chegando ao extremo da evolução comportada no reino animal, é transformado em Espírito, que reencarna no reino hominal, onde nos dizem o seguinte os Espíritos na questão 610: "...A espécie humana é a que Deus escolheu para a encarnação do seres que podem conhecê-Lo." 
Com este resumo, podemos responder a algumas questões, pelo menos uma que me intrigou durante alguns anos: 
"Nós já fomos pedra" ? 
Não. No início de tudo, que podemos chamar de Mônada espiritual ou princípio espiritual, é possível termos feito um "estágio" no reino mineral, mas a nossa origem intrínseca é "espiritual"..
Como passamos pelo reino mineral sem ter sido pedra? 
Vamos lá, amigo (...). Vamos partir da situação atual. Existem três coisas no Universo: Deus, Espírito e Matéria. O Homem é composto de um corpo humano, de um perispírito e de um Espírito. Hoje, somos Espíritos, no reino hominal, que temos uma "veste", uma roupa, que é o corpo físico. Logo, o Espírito passa pelas sucessivas encarnações, no reino hominal, até que não precise mais reencarnar, mas no entanto, o Espírito não é o corpo, apenas se utiliza deste. 
Mas a questão que fica no ar é: Antes de termos sido espírito, ainda na fase de Mônada, poderíamos ter "encarnado" em algum mineral?.
Poderíamos entender assim, somente como forma de fazermos uma associação amigo (...). Pois na verdade, não há uma encarnação da Mõnada Espiritual, pois esta não é uma individualidade, onde entramos em um terreno onde os próprios Espíritos nos alertam que "é um mistério", pois não temos desenvolvimento suficiente para compreender. Um ponto interessante que podemos ressaltar com a sua pergunta, é que o "Espírito", é fruto de uma evolução. Deus, quando cria o "Espírito", não o tira do nada, não o cria num passe de mágica. O "Espírito" é a evolução daquilo que neste texto chamamos de "Mônada Espiritual", que poderia ser chamada também de "princípio espiritual", ou até mesmo "princípio inteligente". O importante é que não nos deixemos confundir com os termos. Busquemos a essência, que é a seguinte:
1) Deus, o Criador ;
2) Espírito - Centelha Divina ;
3) Matéria - Aquilo que impressiona os nossos sentidos, derivada do Fluido Cósmico Universal.
Se entendermos que existe uma evolução "orgânica" e uma evolução "espiritual", damos um bom passo para entendermos este assunto.
Em qual estágio planetário há a mudança de princípio inteligente para Espírito? Ou se não há um estágio planetário, isso ocorre constantemente, até nos dias de hoje?.
Cada planeta comporta os estágios de acordo com a sua evolução. Precisamos olhar para a evolução como um todo, ou seja, deslocarmos as nossas vistas de nosso planeta, e termos como referencial "O Universo". Sabemos que Deus cria incessantemente, pois não podemos imaginar o PAI em "ostracismo". Logo, cria os mundos, e cria também os Espíritos. Não tenho conhecimento aqui na Terra de encarnações de homens primatas, de espíritos em sua fase de primeira encarnação. Digo que não tenho conhecimento, o que não quer dizer que não exista, logo, se Deus cria incessantemente, se a transformação do princípio inteligente para Espírito não se der aqui na terra, certamente se dá em algum lugar do Universo, pois em tudo a Providência Divina, em tudo a Perfeição Divina, que nada faz ao acaso. Nossa visão é que ainda é bastante estreita.

Fonte: Grupo de Estudos André Luiz

" ADÃO E EVA NA VISÃO ESPÍRITA"

                    De acordo com a GÊNESIS ( O primeiro Livro Bíblico), o mundo, os animais e o homem foram criados diretamente por DEUS, durante uma semana( 7 dias). Essa decisão é de 3 mil anos atrás, época em que o homem não tinha os conhecimentos científicos de hoje. Por isso é óbvio que não podemos analisar a Bíblia em seu sentido literal, sob pena de cairmos na infantilidade como a de achar que Deus tinha moldado ADÃO DA ARGILA, soprando-lhe a vida e que uma de suas costelas, foi a matéria-prima para o nascimento de Eva.
Sabemos hoje que a vida apareceu há mais ou menos 3,5 bilhões de anos, portanto, um bilhão de anos após o início da formação da terra. Afirma-se que ela (a vida), tenha surgido na água sob forma de seres minúsculos extremamente simples. Estes seres deram origem às células, depois as plantas e os animais invertebrados que habitavam o mar.
Mais tarde do mar, a vida se fixou sobre a Terra firme e depois no ar.
OS PRIMEIROS SERES HUMANOS:
Surgiram sobre a Terra há aproximadamente 3 milhões de anos. Parece muito mas não é, se considerarmos que a vida no planeta tem mais de 3  bilhões de anos. Ao longo dos anos os seres sofreram transformações sucessivas, dando origem a várias espécies. Esse processo chama-se EVOLUÇÃO. Portanto a vida humana descende por evolução, daqueles primeiros seres vivos microscópicos. Mas diz também a Bíblia, que ADÃO E EVA, foram instalados no jardim do Éden, onde viveriam felizes para sempre, não teriam dores, nem problemas ou dificuldades, não experimentariam a velhice, a doença e a morte. Mas para que isso fosse possível, Adão e Eva, não deveriam comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal.
                    O fruto não é a maçã, já que esta não é citada no texto Bíblico. Mas entenderam os estudiosos da idade média, que ela simbolizava o sexo. Mas porque Adão e Eva não deveriam ter relações sexuais, já que possuíam órgãos sexuais? Conforme ocorre com todos os seres vivos. Por conta dessa extravagante interpretação, durante séculos a atividade sexual foi situada como algo sujo e pecaminosos. AGORA PERGUNTAMOS:
SE ADÃO E EVA NÃO TIVESSEM COMETIDO O "PECADO", O PLANETA TERRA ATÉ HOJE ESTARIA HABITADO APENAS PELO CASAL?
COMO ADÃO E EVA PODERIAM COMETER O "CRIME" DA DESOBEDIÊNCIA SE, NÃO TINHAM NOÇÃO DO QUE É CERTO OU ERRADO, JUSTO OU INJUSTO, OBEDECER OU DESOBEDECER?
SE DEUS QUE É BOM, NÃO FOSSE CAPAZ DE PERDOAR A DESOBEDIÊNCIA DO CASAL, COMO ESPERA ELE QUE EXERCITEMOS O PERDÃO, ENSINADO POR CRISTO?
DEUS ENTÃO ERROU POR TER CRIADO DOIS SERES REBELDES, DESOBEDIENTES E CURIOSOS?
Sabemos que não, mas de acordo com  EMMANUEL, no livro "A CAMINHO DA LUZ", psicografado por CHICO XAVIER, encarnaram aqui na terra, espíritos que foram expulsos de um planeta do sistema de CAPELA, que fica na Constelação de Cocheiro, situado a 42 anos-luz de nosso planeta. Tais espíritos perderam o Paraíso ou seja, o Planeta em que moravam, que era mais evoluído, para vir morar em nosso planeta na fase primitiva.
Estes Espíritos deram origem à raça simbolizada na pessoa de Adão e, por essa razão mesma chamada  RAÇA ADAMICA. Muito adiante do homem terrestre, em inteligência e cultura, eles promoveram notável surto de progresso em nosso planeta. Deles se originaram-se O GRUPO DOS ÁRIAS, A civilização do Egito, o Povo de Israel e as Costas da Índia.
Quando eles aqui chegaram, a Terra já estava povoada desde os tempos antigos, como a América (pelos índios). Quando aqui chegaram os Europeus, um exemplo é CAIM, que após matar seu irmão ABEL, saiu vagando pelo mundo, por ordem de JEOVÁ, encontrando assim , a Terra de Nod, a leste de Éden, onde reconheceu sua esposa, dando-lhe a entender que havia mais pessoas habitando o PARAÍSO.  Mas lembraremos que assim como Adão e Eva, Caim e Abel, também são figuras alegóricas,estes simbolizam a personalidade das criaturas.
É O BARRO CITADO NA BÍBLIA, QUE DIZ:
                    Deus tomou um pouco de BARRO, deu-lhe forma humana, soprou-lhe as narinas e surgiu o primeiro Homem. Há algo real escondido na fantasia Bíblica. Podemos situar o barro como símbolo dos elementos químicos usados por Deus, para criar o homem. O corpo humano foi constituído dos elementos materiais básicos deste planeta. E COSTELA, significa que a mulher é da mesma natureza do homem, não lhe é inferior, mas sua igual e o homem deve amá-la como parte de si mesmo. Lembremos que essa versão ADÃO E EVA, foi contada por MOISÉS, a um povo ignorante que não entenderia a história real. Assim como fazemos com nossas crianças, sobre vários assuntos. Pensemos: Se até hoje muitos não entendem, imaginemos naquela época?
ENTÃO COM A RAÇA ADÂMICA:
Aconteceu o mesmo que vem acontecendo com a população do nosso Planeta Terra. Aqueles que persistirem na maldade, não reencarnarão mais ( serão expulsos do Paraíso), ou seja, não herdarão a Terra, como afirmou JESUS CRISTO. Na medida em que retornarem ao além (ao desencarnar), haverá a separação do Joio e do Trigo. Os Espíritos que persistirem no mal (Os Joios), encarnarão em planetas inferiores. ONDE HAVERÁ CHORO E RANGER DE DENTES,  porque enfrentarão limitações e dores que funcionarão como lições que, ajudarão na eliminação das falhas morais que, ainda fazem parte da sua personalidade, até que aprendam a serem MANSOS E PACÍFICOS, para que suas atitudes sejam dignas de filhos de Deus. Os bons (os trigos), continuaram a reencarnar na Terra, que está deixando  de ser um mundo de provas e expiações, (onde habitam espíritos ignorantes e maldosos), para ser um mundo de regeneração ( onde habitarão espíritos regeneradores), para que o reino de Deus, que é de amor, de caridade, de paz, de solidariedade, se instale na Terra.
Então podemos concluir que A RAÇA ADÂMICA, foi expulsa do Paraíso, ou seja de um planeta superior do sistema de capela, estrela pertencente a constelação de cocheiro, para morar num planeta inferior (TERRA), por não seguirem as leis Divinas. Como disse JESUS CRISTO:
"A MUITAS MORADAS NA CASA DO PAI".
Fonte pesquisa:      Rede Amigo Espirita.
                                 Internet.
                                   Livro: A CAMINHO DA LUZ.
                                      CHICO XAVIER- (EMMANUEL)
                                      EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO.

                                      EXILADOS DE CAPELA.