Seguidores

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

"SER HUMILDE"


A virtude da humildade costuma ser mal compreendida.
Habitualmente se entende que ser humilde equivale a ser um desvalido, sem talentos ou merecimento.
Entretanto, essa linha de pensar não se sustenta.
A humildade foi uma virtude ensinada e exemplificada por Jesus.
Antes dEle, os filósofos ainda não tinham refletido a respeito.
Humildade vem da palavra humus e significa filhos da terra. Ou seja, todos com a mesma essência.
Embora apresentem diferentes qualidades, os homens não são constituídos uns de material mais nobre do que os outros.
Bem se percebe que essa ideia não emocionaria os antigos filósofos gregos.
Afinal, eles viviam em uma sociedade aristocrática.
Embora refletissem sobre ética, amizade e virtudes as mais diversas, nem por isso deixavam de ter escravos. Jesus inovou ao apresentar os homens como possuindo uma igualdade essencial.
Nobres, sacerdotes, ricos, pobres e leprosos, todos igualmente amados filhos de Deus.
Jesus foi o exemplo da humildade na Terra.
Apresentou-Se no mundo dotado de incomparável sabedoria e talentos desconhecidos.
Desde muito jovem, já confundia os sábios com Suas palavras e reflexões.
Curava os mais graves enfermos com a simples imposição de Suas mãos.
Mas jamais Se colocou em um pedestal, apartado de Seus semelhantes.
Ao contrário, convivia de forma tranquila com prostitutas, ladrões e ignorantes.
A todos ensinava, conforme suas necessidades.
Contudo, nem por isso deixou de admitir a especialidade de Sua missão na Terra.
A certa altura, afirmou:
"Vós me chamais Mestre e Senhor e dizeis bem porque eu o sou."
Como se vê, Jesus, a título de ser humilde, não escondia Seus talentos e não pretendia passar por um coitado.
Eis a essência da humildade: assumir o que se é, de forma tranquila e sem disfarces.
Identificar os próprios pontos fracos e fortes e não se achar pior ou melhor do que ninguém.
Os homens realmente apresentam diferenças em seus processos evolutivos.
Alguns já avançaram mais do que os outros, mas nenhum possui essência diferente.
A humildade facilita o aprendizado, pois o homem humilde sempre pensa que pode estar errado.
Justamente por isso, presta atenção nos argumentos dos outros.
Por não se achar melhor, também aprende com as experiências alheias.
Se o semelhante caiu em dada experiência, ele adota maior cautela e não acha que uma pretensa superioridade o protege de tudo.
Assim, para ser humilde não é necessário se considerar um desvalido.
Basta entender a igualdade essencial dos seres humanos.
Pense nisso.


Redação do Momento Espírita.
.



"SER HUMILDE"


A virtude da humildade costuma ser mal compreendida.
Habitualmente se entende que ser humilde equivale a ser um desvalido, sem talentos ou merecimento.
Entretanto, essa linha de pensar não se sustenta.
A humildade foi uma virtude ensinada e exemplificada por Jesus.
Antes dEle, os filósofos ainda não tinham refletido a respeito.
Humildade vem da palavra humus e significa filhos da terra. Ou seja, todos com a mesma essência.
Embora apresentem diferentes qualidades, os homens não são constituídos uns de material mais nobre do que os outros.
Bem se percebe que essa ideia não emocionaria os antigos filósofos gregos.
Afinal, eles viviam em uma sociedade aristocrática.
Embora refletissem sobre ética, amizade e virtudes as mais diversas, nem por isso deixavam de ter escravos. Jesus inovou ao apresentar os homens como possuindo uma igualdade essencial.
Nobres, sacerdotes, ricos, pobres e leprosos, todos igualmente amados filhos de Deus.
Jesus foi o exemplo da humildade na Terra.
Apresentou-Se no mundo dotado de incomparável sabedoria e talentos desconhecidos.
Desde muito jovem, já confundia os sábios com Suas palavras e reflexões.
Curava os mais graves enfermos com a simples imposição de Suas mãos.
Mas jamais Se colocou em um pedestal, apartado de Seus semelhantes.
Ao contrário, convivia de forma tranquila com prostitutas, ladrões e ignorantes.
A todos ensinava, conforme suas necessidades.
Contudo, nem por isso deixou de admitir a especialidade de Sua missão na Terra.
A certa altura, afirmou:
"Vós me chamais Mestre e Senhor e dizeis bem porque eu o sou."
Como se vê, Jesus, a título de ser humilde, não escondia Seus talentos e não pretendia passar por um coitado.
Eis a essência da humildade: assumir o que se é, de forma tranquila e sem disfarces.
Identificar os próprios pontos fracos e fortes e não se achar pior ou melhor do que ninguém.
Os homens realmente apresentam diferenças em seus processos evolutivos.
Alguns já avançaram mais do que os outros, mas nenhum possui essência diferente.
A humildade facilita o aprendizado, pois o homem humilde sempre pensa que pode estar errado.
Justamente por isso, presta atenção nos argumentos dos outros.
Por não se achar melhor, também aprende com as experiências alheias.
Se o semelhante caiu em dada experiência, ele adota maior cautela e não acha que uma pretensa superioridade o protege de tudo.
Assim, para ser humilde não é necessário se considerar um desvalido.
Basta entender a igualdade essencial dos seres humanos.
Pense nisso.

Redação do Momento Espírita.
.