Seguidores

domingo, 23 de outubro de 2016

“VAMPIROS PSÍQUICOS”

Será que somente os desencarnados conseguem drenar as nossas energias?
Certamente que não!
Mas afinal, o que são Vampiros Psíquicos?
Vamos recapitular alguns conceitos para podermos entrar no assunto...
De acordo com o “Livro dos Espíritos”, todos os seres vivos (as plantas, os animais e os seres humanos) são dotados de uma energia chamada “Princípio Vital” que é também chamada de “Fluido Vital”.
Essa energia é responsável pelo bom funcionamento de todos os órgãos do corpo físico.
A baixa quantidade dessa energia no corpo de um ser vivo é justamente a causa de todas as doenças!!!
Portanto, o nosso corpo é como uma bateria... Recuperamos o fluido vital através da boa alimentação, através do repouso, através da meditação, etc.
O que é um Vampiro Psíquico?
Vampiro Psíquico ou Vampiro Energético (também chamado de Psyvamp) é o tipo de pessoa que possui carência de fluido vital e não consegue recarregar a sua “bateria” como as outras pessoas através dos meios convencionais dos quais falamos ainda acima. Com isso, elas “sugam” as energias das pessoas que estão à sua volta para saciarem as suas necessidades energéticas.
Como identificar um Vampiro Psíquico?
Já aconteceu de você chegar para trabalhar em uma manhã e encontrar com um colega de trabalho que logo cedo está de cara amarrada, só sabe reclamar da vida, do emprego, do salário e da família; só sabe criticar ao invés de propor soluções para os problemas da vida ou gosta de se fazer de vítima em qualquer situação e geralmente é aquela pessoa que após conversar você se sente esgotado e desanimado?
Sabe aquela pessoa que ao terminar uma conversa vem o pensamento de que ela “estragou o seu dia”?
Pois é... Ela é um Psyvamp!
Geralmente, todas as pessoas que são negativas são vampiros energéticos!!!
Isso acontece porque os seus chakras estão bloqueados e com isso elas não conseguem ter padrões mentais e emocionais equilibrados.
Portanto, mesmo que elas recarreguem as suas reservas com a energia alheia, os vampiros não conseguem reter essas energias por muito tempo por causa da congestão fluídica existentes nos seus centros energéticos (chakras) e por essa razão precisam se recarregar de tempos em tempos.
Como atua o ataque de um Psyvamp?
Antes de explicarmos a forma de atuação dos Psyvamps, precisamos num primeiro momento classificá-los em duas categorias:

1) Vampiros inconscientes;
2) Vampiros conscientes;
Os vampiros inconscientes são pessoas que desconhecem a existência do fluido vital. Pode ser parente, familiar, vizinho ou qualquer pessoa que tenha uma forma de pensar negativa.
Já os vampiros conscientes são pessoas que sabem que possuem carência energética e drenam de forma proposital a energia de outros seres vivos. Geralmente são pessoas que ambicionam obter “poderes sobrenaturais” com este tipo de procedimento.
Segundo o psicólogo Joe H. Slate (autor do livro “Vampiros Psíquicos – proteção contra predadores energéticos e parasitas mentais”) existem agrupamentos de pessoas para este tipo de finalidade, ou seja, existem grupos de vampiros psíquicos no intento de fazerem “vampirizações” em massa.
Mas afinal, como acontecem os ataques dessas pessoas (tanto os vampiros inconscientes quanto os conscientes)?
Vampiro psíquico atacando a aura da vítima.
Como sabemos, todos os seres vivos possuem uma aura (que segundo o Codificador do Espiritismo, Allan Kardec, no primeiro artigo sobre os “Possessos de Morzine” publicado em um dos volumes da Revista Espírita relata que a aura é uma expansão fluídica, ou seja, energética do Perispírito).
Esse campo de energia (aura) é formado de acordo com a natureza dos nossos pensamentos e dos nossos sentimentos!
Um ataque “vampiresco” acontece quando a aura do vampiro psíquico absorve a energia vital da aura da vítima.
Segundo Joe H. Slate, isso acontece de diversas formas:
Geralmente locais com muitas pessoas (ônibus, metrô, trem, baladas, shoppings, etc.) são muito frequentados pelos vampiros conscientes... Uma simples conversa, um contato físico ou estar próximo já é o suficiente para sofrer um ataque!
Quais são as consequências de um ataque de um Psyvamp? Como ficam a aura e os chakras da vítima?
Segundo Joe H. Slate, como os vampiros energéticos drenam boa parte da energia vital da sua vítima, a pessoa que foi atacada fica com carência energética e com isso tem a sua aura “contaminada por um vírus” (ao qual chamamos de larva astral ou miasma).
Esse vírus danifica a estrutura energética da aura e paralisa os movimentos dos chakras da vítima!
Uma vez paralisados, os chakras deixam captar e receber energia e acabam congestionando a energia malsã captada da aura do vampiro.
A partir daí, a vítima passa também a ser um vampiro psíquico (porém inconsciente) uma vez que não consegue recarregar as suas energias de forma natural, pois os seus chakras também ficaram congestionados.
Existe a possibilidade de uma pessoa deixar de ser um Vampiro Energético?Sim.
Para isso é necessário que os chakras do vampiro voltem a funcionar corretamente!
Terapias energéticas como os Passes Magnéticos, o Reiki e a Cura Prânica são as mais indicadas, pois tem por objetivo desbloquear as energias congestionadas nos chakras e com isso fazer com que eles voltem a funcionar de forma adequada.
Como se proteger dos ataques dos Vampiros Psíquicos?
Campo de energia como proteção espiritual.
Na impossibilidade de deixar de frequentar locais públicos como ônibus, metrô, etc... A criação de um campo de força através da mente é um dos recursos mais indicados.
Um campo de energia positiva que é gerado a partir de padrões de bons pensamentos e bons sentimentos cria uma barreira energética capaz de impedir a ação dos Psyvamps.
Já quando identificarmos alguém com potencialidades de um vampiro, além de criar um campo de força, podemos fazer uma prece solicitando a Deus para nos proteger e também solicitar que os bons Espíritos neutralizem a ação do agente em questão.
Que Jesus nos ilumine sempre!


Leone Biagi Bombonatti-Conhecimento Espírita